fbpx
Skip links

Cotação de vendas: 5 dicas essenciais para fazer um bom negócio

Saber fazer uma boa cotação de vendas é essencial para que o financeiro de qualquer negócio se mantenha saudável. Uma vez que, tão importante quanto fechar bons contratos e conseguir novos clientes, é também utilizar o dinheiro de maneira inteligente.

Por isso, criamos este post, para que você conheça 5 dicas e saiba escolher os melhores custos-benefícios. Confira!

1. Tenha um processo definido

Fazer uma cotação de vendas bem-feita não significa apenas entrar em contato com os fornecedores e solicitar preços. Além disso, é necessário ter atenção aos detalhes, principalmente quando estamos falando de empresas, logo, manter um processo interno definido é o ideal.

Ainda, é importante passar para os fornecedores a ideia de profissionalismo e seriedade do seu negócio, portanto, utilize papeis timbrados ou marca d’água mesmo quando enviar pedidos digitais. Outro ponto, é contar com um modelo de todas as informações que são necessárias para avaliar os orçamentos, como os seguintes:

  • preço detalhado de cada item;
  • prazo para entrega;
  • condições de pagamento;
  • garantia, se for o caso;
  • responsável pela solicitação do orçamento;
  • responsável pelo envio da proposta (por parte dos fornecedores);
  • data de validade da proposta.

2. Faça, pelo menos, três cotações

Após ter definido o processo, chegou o momento de ir para campo e fazer as cotações de venda. A regra de ouro quando o assunto é fechar bons negócios é não economizar na pesquisa e pedir, pelo menos, três orçamentos.

Se o produto ou serviço orçado já for algo recorrente na empresa, além de enviar solicitações de cotações apenas para os fornecedores que já conhecem, deem chance para que novos negócios também possam entrar na disputa. Assim, aumentará o seu poder de barganha, ampliando o alcance da pesquisa e não ficando na mão de apenas um fornecedor.

3. Seja um bom negociador

Após receber todos os orçamentos solicitados, agora é hora de separar os melhores e partir para as negociações. De posse das informações essenciais, você deve realizar uma triagem de todos os pontos que podem ser melhorados para se encaixar na realidade da empresa.

O fluxo de caixa está bom e é possível pagar à vista? Então, barganhe descontos nessa modalidade. Não vai dar para pagar tudo de uma vez e o melhor preço final não apresenta condições favoráveis de pagamento? Não se dê por vencido e realize uma contraproposta para aumentar o número de parcelas, por exemplo. A dica é não aceitar a primeira proposta nunca.

4. Não avalie apenas o preço

A sabedoria popular nos ensina que há baratos que saem caro, por isso, é importante que não avalie apenas o preço, principalmente se você não conhece o fornecedor. Logo, ao receber os orçamentos e separar as propostas mais interessantes, também é necessário fazer uma pesquisa cuidadosa a respeito de cada concorrente.

A internet é uma ótima aliada nesse momento. Para tanto, entre nas redes sociais, veja os comentários, busque em sites especializados, como o Reclame Aqui, Procon e no página do Tribunal de Justiça da sua região, para garantir que a empresa é idônea.

5. Utilize a tecnologia a seu favor

A cotação de vendas é apenas uma parte do processo de gerenciamento de compras, logo, para garantir que a sua empresa está maximizando a utilização dos recursos e fazendo novas aquisições no momento correto, a utilização de softwares específicos pode ser essencial.

Investir em sistemas que fiquem hospedados na nuvem, por exemplo, faz com que seja possível analisar em tempo real como está o estoque dos produtos necessários, ou seja, na hora de realizar um orçamento, a pessoa responsável saberá rapidamente todos os itens que precisam ser comprados.

Sendo assim, no lugar de enviar vários pedidos de compra, ela pode otimizar em um só pedido ou agrupar da melhor maneira, caso sejam fornecedores diferentes. Ao fazer compras maiores, por exemplo, é possível negociar o preço e economizar com o frete.

Você ainda não tem uma cotação de vendas organizada na sua empresa? Então, aproveite essas dicas para começar a colocar em prática e analisar os benefícios.

O conteúdo foi útil? Aproveite para baixar o nosso e-book com o passo a passo completo para um processo de vendas e faça sua empresa crescer ainda mais!